A maneira mais fácil de testar a eficácia de um projecto é perguntar ao público-alvo o que pensam sobre ele. Grupo de trabalho focado é uma conversa organizada entre uma amostra de indivíduos. Este tipo de grupo de trabalho pode ser usado ​​para planear um projecto e definir objectivos, bem como para avaliar os resultados.

O grupo de trabalho é uma técnica, um pouco informal, que pode ajudar a avaliar as necessidades e sentimentos dos participantes – Jakob Nielsen

1. Planeie as suas perguntas

O que é que quer saber? Planeie as perguntas, talvez quatro ou cinco, para uma uma sessão de duas horas. Faça as perguntas de forma aberta e neutral. Por exemplo, em vez de perguntar ao seu grupo de trabalho, se gostaram da viagem, pergunte, o que é que se lembram da viagem.

2. Nomeie um moderador e um assistente de moderação

O moderador lidera a discussão e tira as principais notas. O assistente de moderação tira notas mais completas e certifica-se que o áudio e o vídeo funcionam em perfeitas condições, antes, durante e depois do evento. Pode partilhar o registo áudio e vídeo com o grupo de trabalho de forma a melhorarem e a recordarem-se também dos principais pontos.

3. Crie um ambiente super confortável

Converse com os participantes sobre aquilo que os espera, passo a passo. Informe-os das responsabilidades que cada um dos intervenientes vai ter. O moderador, o assistente de moderação e do próprio grupo de trabalho. Arranje bebidas frescas e bolinhos docinhos. Disponha os participantes em círculo. Seja exigente com o limite de tempo: nunca mais do que duas horas.

4. Seja aberto a novas ideias

Não lidere a conversa de forma a levar a discussão à conclusão que pode estar previamente definida. Não faça isso. É uma perda de tempo. Seja aberto a novas ideias. Se por acaso, algum participante, estiver a tentar convencer outro participante a partilhar da sua forma de ver as coisas, numa perspectiva abusiva, tente mudar o rumo da conversa. Pergunte por uma nova opinião. Tem de existir alguém com uma perspectiva diferente dentro do grupo de trabalho.

5. Motive a participação

Diga ao seu grupo de trabalho que eles é que têm que fazer a discussão. Eles é que sabem. Deixe o seu papel bem claro, você está ali para aprender com as opiniões, experiências e reacções dos participantes. Seja positivo. Sorria.

6. Apoie mas dentro da neutralidade

Por exemplo, pergunte, fale-me mais acerta desse assunto. Ou então, o que está a tentar dizer com isso? Ou então ainda, pode, por favor, dar-me um exemplo? Perguntas e afirmações assim, estimulam a conclusão de respostas ou então a uma nova perspectiva. Certifique-se que a pessoa fala até ao fim e ninguém interrompe o raciocínio. Não se esqueça do tempo.

7. Faça uma pergunta de cada vez

Repita frases ou palavras estratégicas para manter o foco da discussão. Não tenha é pressa. Deixe que os participantes concluam uma pergunta de cada vez e respeite o silêncio, que é muito importante, para reconstruir opiniões e acima de tudo processar reacções.

Lembrem-se, as perguntas são importantes e se alguns participantes dominam a discussão e orientam a opinião do grupo, os resultados podem prejudicar aquilo que se pretende. No entanto, um grupo de trabalho focado pode fornecer informações úteis se for conduzido cuidadosamente. No entanto, é preciso ter em conta que os resultados não são científicos.